quarta-feira, 29 de julho de 2009


O que fazer entre um poema e outro...
Voar para seus braços e sentir
as batidas do seu coração.
Única certeza...
Amo você !!!

RÊ-Giácomo




Como uma bebida amarga,
degustei lentamente a sua ausência.
Me embriaguei de tantas saudades, e
só fui me encontrar na sua volta.

RÊ-Giácomo




Sua ternura desperta em mim
o mais belo que tenho no coração
Faz de mim uma mulher satisfeita.
Me deleito !!!
Pernas bambas, coração acelerado
Teu falar me alucina, me fascina
Não me de opções...
Não me dê escolha...
Faça-me sua !!!

RÊ-Giácomo

domingo, 26 de julho de 2009